Amigos de Adriana Villela

31/05/2012

Nós somos inocentes: e o Estado?

‎”As pessoas mais bonitas que conhecemos são aquelas que conheceram o sofrimento, conheceram a derrota, conheceram o esforço, conheceram a perda e encontraram seu caminho para fora das profundezas. Essas pessoas têm uma apreciação, uma sensibilidade e uma compreensão da vida que as enche de compaixão, gentileza, e uma profunda preocupação amorosa. Pessoas bonitas não acontecem por acaso “.

–      Elisabeth Kübler-Ross

http://www.facebook.com/photo.php?fbid=3361769608724&set=a.1106115618784.2016869.1403604095&type=1&theater, acesso em 30/05/2012

Adriana Villela, em 30/05/2012

Entre as que conheci mais velhas, tem uma que se chama humildade e paciência infinitas de esperanças de que está tudo sempre certo! ainda quando dentro do caos, apoiadas pelo brilho infinito das estrelas de deus… sua inocência, sua dor que aceita, enquanto passa… onde tantos somos só revolta autoritária contra o que nos oprime e força. Entre as pessoas mais bonitas que conhecemos, estão aquelas que conheceram o sofrimento e encontraram seu caminho para fora das profundezas do abismo da perda. Entre as que conheci mais velhas, uma se chama humildade e paciência infinitas. Também conhecida como nossa boa e velha Guiomar. Guiomar… e o seu leite sempre muito, muito bom. Nossa amada, nossa querida, nossa lição de superação das vaidades: a humildade paciente, que sorri com esperança, enquanto espera a divina providência, que há de vir em socorro de nossa verdade cristalina. Nós somos os inocentes: e o Estado… Ah! o Estado… tem tido um comportamento inadissimível e aterrorizador, que ameaça e ofende as leis e os diversos principios básicos de nossos direitos fundamentais: uma ditadura de fato, apenas travestida de democracia representativa. Representativa dos direitos fundamentais de quem, cara-pálida?

NÓS QUEREMOS JUSTIÇA: CHEGA DE DENÚNCIAS INFUNDADAS, QUE TENTAM IMPUTAR AOS INOCENTES AS RESPONSABILIDADES DAS AUTORIDADES POLICIAIS, QUE APENAS CONFUNDEM A OPINIÁO PÚBLICA, COBRINDO DE DÚVIDA E FUMAÇA O DEVIDO ESCLARECIMENTO DOS GRAVES FATOS OCORRIDOS.

Esperamos que a verdade venha e se mostre aos olhos de todos, para que haja luz, paz e segurança retornem logo as vidas de todos nós.

Amém…

Anúncios

24/11/2011

Manifestação Familiar Pública em Defesa de Adriana – da Família Barberino Mendes, 18/11/2011

Filed under: Defesa,Depoimentos,Manifesto,Sobre a família — by amigosdeadrianavillela @ 20:25

2011-11-18 Manifestação familiar – documento editado para publicação (1)

Documento lido por Marcus Barberino Mendes, sobrinho de Maria Carvalho Mendes Villela e primo de Adriana, em 18/11/2011, nas Audiências de Instrução do processo, em que atua como Testemunha de Defesa, em nome de toda a família de Barberino Mendes, que, junto com a família Villela, têm sofrido com as acusações infundadas contra Adriana Villela e a falta de clareza no esclarecimento do que de fato aconteceu com nossos saudosos parentes e amiga:

Manifestação familiar pública em defesa de Adriana Villela

A família de Maria Carvalho Mendes Villela vem a público declarar seu apoio, solidariedade e confiança absoluta em Adriana Villela e na sua total inocência em relação à tragédia que vitimou seus pais, José Guilherme Villela, Maria Carvalho Mendes Villela e a empregada doméstica, Francisca Nascimento da Silva.

Repudiamos, veementemente, qualquer acusação de envolvimeto de Adriana com esses crimes bárbaros. Adriana é uma pessoa íntegra, detentora de princípios morais inquestionáveis, filha amorosa e com excelente relacionamento com toda a sua família. A morte dessas pessoas tão amadas por todos traz, ao lado do profundo sofrimento, o desejo de que seja feita justiça plena e o devido esclarecimento da verdade; não a construção de acusação infundada contra inocentes que, com uma falsa solução, tenta atender a uma pressão da sociedade, em detrimento do interesse público pelo real esclarecimento do caso.

A temerária atuação dos responsáveis pelas investigações deste crime afronta o estado de direito, fere os princípios da cidadania, da coexistência pacífica e da relação interpessoal, em que o amor prevaleça como valor maior em nossas vidas.

Reiteramos a nossa crença nas instituições brasileiras e esperamos que as autoridades à frente do feito persigam a verdade real dos fatos, atuando de forma imparcial e justa, não se olvidando que a verdadeira justiça a Maria Carvalho Mendes Villela, José Guilherme Villela e Francisca Nascimento da Silva pressupõe que os verdadeiros culpados sejam, sob o rigor da lei, efetivamente punidos.

Salvador/Brasília, 1º de novembro de 2011

Augusto Villela – Irmão de Adriana Villela

Carolina Villela Perche – Filha de Adriana Villela

João Luiz Barberino Mendes – Irmão de Maria Carvalho Mendes Villela

Célia Barberino Mendes Senna – Irmã de Maria Carvalho Mendes Villela

Mirian Mendes Mattos – Irmã de Maria Carvalho Mendes Villela

Valdemar Barberino Lago – Tio de Maria Carvalho Mendes Villela

Odorico Barberino Lago – Tio de Maria Carvalho Mendes Villela

Ricardo José Menezes Barberino Mendes – Primo de Adriana Villela

Kristian Menezes Barberino Mendes – Primo de Adriana Villela

Kristine Menezes Barberino Mendes – Prima de Adriana Villela

Max Mendes Mattos – Primo de Adriana Villela

Mônica Mendes Mattos – Prima de Adriana Villela

Tatiana Mendes Senna – Prima de Adriana Villela

Vladimir Mendes Senna – Primo de Adriana Villela

Luciana Mendes Senna – Prima de Adriana Villela

Regina Vera Menezes Lago – Prima de Adriana Villela

Marluce Cerqueira Carvalho – Prima de Adriana Villela

Márcia Mendes Mattos – Prima de Adriana Villela

Marcus Menezes Barberino Mendes – Primo de Adriana Villela

Sérgio Carvalho Mesquita – Primo de Adriana Villela

Marinaldo Carvalho – Primo de Adriana Villela

Eduardo Mesquita – Primo de Adriana Villela

Marcos Carvalho – Primo de Adriana Villela

28/02/2011

Mais um ano e meio… de amor e saudades – Nana

Filed under: Depoimentos,Sobre a família — by amigosdeadrianavillela @ 10:56

Amor e saudades…

CANTO DA VIDA ETERNA

(…) Não tomeis por vosso Eu o que não é existência verdadeira; jamais o consideres vosso Eu.

O que é efêmero não é o vosso Eu. O que morre não é o vosso Eu.  O que desaparece não é o vosso Eu.

O ser infinito, eis o Eu!  O ser búdico, eis o Eu! O ser diamantino, eis o Eu!

O que é eterno, eis o Eu! O que é imortal, eis o Eu! O que é universal, eis o Eu!

(Masaharu Taniguchi, Sutras Sagradas, 2007, p103)

07/01/2011

Biografia de José Guilherme Villela

Filed under: Sobre a família — by amigosdeadrianavillela @ 0:29

TV Justiça

Blog no WordPress.com.